Funções do setor saúde

Funções do setor saúde

2.1.1 - Funções essenciais de saúde pública

Uma das onze Fesp está relacionada com a Redução do Impacto das Emergências e Desastres em Saúde. Essa função exige:

  1. O desenvolvimento de políticas, o planejamento e a realização de ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta e reabilitação para reduzir o impacto dos desastres sobre a saúde pública;
  2. Um enfoque integral com relação aos danos e à origem de todas ou cada uma das emergências ou desastres possíveis na realidade do país;
  3. A participação de todo o sistema de saúde e a mais ampla colaboração intersetorial e interinstitucional na redução do impacto de emergências ou desastres;
  4. A gestão da cooperação intersetorial e internacional na solução dos problemas de saúde gerados por emergências e desastres.

Utilizam-se os seguintes indicadores para medir a capacidade de um país para exercer essa função de saúde pública:

  • Gestão da redução do impacto de emergências e desastres;
  • Desenvolvimento de normas e linhas de atuação que apoiem a redução do impacto de emergências e desastres em saúde;
  • Coordenação e aliança com outros organismos e/ou instituições;
  • Assessoria e apoio técnico nos níveis estaduais e municipais para a redução do impacto de emergências e desastres em saúde.

De acordo com a última medição da Fesp11 na Latina América e Caribe, essa função apresenta um bom desempenho para a Região das Américas. Contudo, os resultados não são homogêneos, o que enfatiza a importância de dar continuidade ao fortalecimento desta e de outras funções essenciais. A dinâmica de mudanças nos sistemas e processos envolvidos na complexa gestão da saúde exige uma permanente ação de supervisão e avaliação.