Coordenadora do Projeto Teias e arquiteta da Fiotec visitam futura instalação do Caps II Manguinhos

Coordenadora do Projeto Teias e arquiteta da Fiotec visitam futura instalação do Caps II Manguinhos
Na quarta feira (27/7), a coordenadora do projeto Teias, Gisele O´Dwyer e Rita, arquiteta da Fiotec visitaram a futura instalação do Caps II Manguinhos.

Annalu Pinto da Silva.

Coordenadora do Projeto Teias e arquiteta da Fiotec visitam futura instalação do CAPS II Manguinhos

Na quarta feira (27/7), a coordenadora do projeto Teias, Gisele O´Dwyer e Rita, arquiteta da Fiotec visitaram a futura instalação do Caps II Manguinhos.

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)
Fonte: http://www.rio.rj.gov.br/web/sms/caps

Os CAPS são unidades especializadas em saúde mental para tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental grave e persistente. Os centros oferecem um atendimento interdisciplinar, composto por uma equipe multiprofissional que reúne médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, entre outros especialistas. O serviço é diferenciado para o público infanto-juvenil, até os 17 anos de idade, através do CAPSi, e para pessoas em uso prejudicial de álcool e outras drogas pelo CAPSad.

O encaminhamento para os CAPS pode ser realizado através de demanda espontânea, por intermédio de uma unidade de atenção primária ou especializada, após uma internação clínica/psiquiátrica, ou ainda por indicação da assistência social ou por ordem judicial. O tratamento pode ser feito de forma individualizada ou coletiva, através de oficinas e grupos terapêuticos.

Os CAPS funcionam de segunda a sexta, com atendimento das 8h às 17h. Algumas unidades possuem também acolhimento noturno, durante os sete dias da semana.