Centro de Saúde Escola da ENSP promoveu oficina artesanal com materiais recicláveis

Centro de Saúde Escola da ENSP promoveu oficina artesanal com materiais recicláveis
Na segunda feira (8/8), o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF), em parceria com o Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental (DSSA), promoveu oficina de material reciclável na sala de espera da unidade.

Annalu Pinto da Silva.

Centro de Saúde Escola da ENSP promoveu oficina artesanal com materiais recicláveis

Na segunda feira (8/8), o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF), em parceria com o Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental (DSSA), promoveu oficina de material reciclável na sala de espera da unidade.

As atividades acontecem quinzenalmente, sempre às segundas-feiras, das 9h30 às 11h. Em cada uma delas se produz um objeto diferente com destes materiais.

Entre os produtos desenvolvidos estão: porta-retratos, sacolas, bolsas, carteiras, porta trecos, descanso de prato, enfeites, bloco de papel, entre outros. Os usuários que tem interesse em participar das oficinas podem trazer objetos limpos como: jornais, garrafas pet, caixas de leite e de suco, retalhos de tecido e de elástico, e papel de presente.

Estas práticas estão vinculadas a ações de ensino e pesquisa que pertencem ao Projeto de Pesquisa intitulado "O Fortalecimento de Espaço Público de Saúde: avanços e desafios de práticas realizadas na sala de espera do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria", aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

Tem uma equipe multidisciplinar, inclusive envolvendo alunos, sendo: Inês Reis (CSEGSF/Naecos e coordenadora do projeto), Natanael dos Santos (DSSA - coordenador das oficinas artesanais), Idenalva Lima (CSEGSF), Gilberto Reis (CSEGSF/Naecos), Luciana Eugênio (ACS - Estratégia da Saúde da Família), Mirian Sena (CSEGSF), Beatriz Oliveira (estagiária do Provoc), Eliane Vianna (CSEGSF), Maria de Fátima Tavares (DAPS), Annibal Amorim (Vice Presidência) e Mônica Senna (UFF).

As Oficinas Artesanais têm como principais objetivos: incentivar o desenvolvimento de habilidades pessoais, o exercício da autonomia e da participação social; valorizar o cuidado ambiental e a economia doméstica; e contribuir para a reorientação do serviço, a partir de práticas que busquem os referenciais da promoção da saúde.