Redes de Atenção à Saúde

Redes de Atenção à Saúde

O Ministério da Saúde no Brasil propõe um modelo de assistência à saúde que reconheça as peculiaridades dos sistemas locais, favorecendo a formação das Redes de Atenção à Saúde como estratégia de aperfeiçoamento político-institucional, gerencial e de organização da atenção do SUS. Estabelece que o acesso universal, igualitário e ordenado às ações e serviços de saúde se inicia pelas portas de entrada das unidades de saúde e se completa na rede regionalizada e hierarquizada, de acordo com a complexidade do serviço. Preconiza-se ainda que atenção primária à saúde, além de porta de entrada principal, será ordenadora do acesso aos demais serviços e ações.

Em Manguinhos, a Saúde da Família é a responsável pelo primeiro contato com a população e principal porta de entrada para o cuidado. A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) é porta de entrada para as urgências e emergências e atua de forma integrada com os demais serviços do território, conformando assim a Rede SUS em Manguinhos.

Há 111 anos a Fiocruz contribui para o desenvolvimento nacional e como instituição de referência para a saúde pública, atua para o constante aperfeiçoamento do SUS, por meio da qualificação, da promoção da saúde e da ampliação do acesso da população aos serviços e insumos. Manguinhos, onde o campus Rio de Janeiro está localizado, é considerado pela Fiocruz área prioritária para gestão social participativa da saúde.

Links de interesse: