Situação da Saúde conteudo

Situação da Saúde


Agravos de Notificação (SINAN)

Uma analise de determinados agravos de notificação compulsória no SINAN (Sistema Nacional de Agravos de Notificação), no período de 2005 a 2011, demonstra a vulnerabilidade da população de Manguinhos. Todos os coeficientes observados são superiores aos do município do Rio de Janeiro .

O numero de casos de tuberculose variou entre 94 e 120 correspondendo a coeficientes de 302,6, 273,6, 299,4, 334,8, 319,6, 332 e 277,5 casos por 100000 habitantes no período. Estes coeficientes correspondem a valores mais do que o dobro daqueles observados no município e aproximam-se dos obtidos para outras comunidades vulneráveis , como, por exemplo, o bairro da Rocinha.

Para a AIDS, deve-se ressaltar que, devido a mudança do sistema de notificação entre os anos de 2006 e 2007 houve queda no registro das notificações. Considerando-se os demais anos, os coeficientes por 100000 habitantes em Manguinhos foram 103,0 em 2005, 93,3 em 2008, 90,5 em 2009 e 47,9 em 2010. Para o município, os valores foram 47,1, 33,9, 41,6 e 26,7, respectivamente.

A leptospirose, embora não tenha registro de notificações em 2007 e 2008, nos demais anos apresentou coeficientes de incidência 1,8 a 5,7 vezes os valores do município.
Os coeficientes para as hepatites virais em Manguinhos foram inferiores aos do município de 2005 a 2008, sendo 1,8, 1,5 e 2,4 vezes os do município em 2009, 2010 e 2011. Pode ter havido melhora na notificação ou no diagnostico ou um aumento real no numero de casos. A falta de informação prejudica o conhecimento dos tipos de hepatite.

Para a sífilis congênita, no período de 2007 a 2011, Manguinhos apresentou coeficientes por 1000 nascidos vivos de 16,6, 19,2, 37,8, 47,8, e 104,5 enquanto no mesmo período, no município, foram observados coeficientes de 7,3, 9,7, 9,7, 11,5 e 19, ou seja, no território os coeficientes foram 2 a 5 vezes os do município.

* Clique sobre os gráficos para ampliá-los

Mortalidade (SIM)

No Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) há registro de 235 óbitos no bairro de Manguinhos no ano de 2010, sendo 136 do sexo masculino e 99 do sexo feminino.
Uma análise da distribuição percentual de óbitos por grupo de causas definidas (doenças infecciosas e parasitárias, neoplasias, doenças do aparelho circulatório, doenças do aparelho respiratório, afecções no período perinatal, causas externas e demais causas definidas) na população residente mostrou o maior percentual (24,1%) para as doenças do aparelho circulatório, superior até ao percentual do conjunto das demais causas definidas (23,6%), que engloba doenças endócrinas, geniturinárias, digestivas, hematológicas etc. Para o sexo feminino isoladamente, mantém-se esta supremacia das doenças do aparelho circulatório (30,1%), seguidas pelas demais causas (25,8%) e depois pelas doenças do aparelho respiratório (14%). Já para o sexo masculino isoladamente, o conjunto de causas apresenta maior percentual (22%), seguido pelas doenças do aparelho circulatório (19,7%) e pelas causas externas (18,9%).

O percentual de causas mal definidas ficou em 6,3% (15/235).

* Clique sobre o gráfico para ampliá-lo

Nascidos Vivos (SINASC)

* Clique sobre os gráficos para ampliá-los